"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina." (Cora Coralina)

domingo, 23 de setembro de 2012

Baú com Betume Colors, Carimbos e Estêncil

Este baú eu fiz para guardar revistas. Usei várias técnicas e sem passar o tradicional fundo branco. Por dentro passei uma camada de betume colors na cor cereja Passei o pincel sempre no mesmo sentido imitando os veios da madeira e para dar um efeito de pátina.
 
Na base do baú, fiz um esponjado com uma trouxinha de malha. Fui mesclando as cores e deixando as extremidades mais escuras que o centro.
Depois de seco, apliquei a técnica do carimbo e do estêncil. Para o carimbo é necessário uma base reta como um vidro. Você faz uma pintura no vidro, com o pincel ou rolo, e sem encharcar, deixando o mais uniforme possível. Em seguida coloca o carimbo em cima desta pintura, sem esfregar, apenas fazendo uma pressão com as mãos para que o carimbo pegue bem a tinta. Aplique o carimbo na peça, no meu caso o baú, sem esfregar, o carimbo não pode mudar de lugar senão vai manchar. Pode repetir mais uma vez sem aplicar na tinta novamente, mas vai ficar mais claro.
 
Eu usei vários carimbos e com várias cores, inclusive dourado. Usei também o estêncil em algumas partes da base e na lateral da tampa.

Na parte superior da tampa fiz uma pátina. Pintei com o pincel uma camada de betume colors cereja e depois de seco uma camada de tabaco. Enquanto o tabaco ainda estava molhado eu passei um pedaço de malha, como se estivesse limpando algumas partes, dando um efeito de madeira. O detalhe ficou por conta do puxador que improvisei usando peças para bijuteria. 

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Futon Fácil - passo-a-passo

É muito fácil fazer um futon.
O futon original é um colchão japonês no início usado apenas por massagistas, mas atualmente é um item de decoração moderno, versátil e confortável. Você pode transformar uma almofada velha ou sem uso em futon ou fazer um novo. Pode ser feito com recheio de espuma ou manta acrílica ou de algodão.

Eu fiz dois futons para o quarto da Marina, minha filha, usando espuma e uma camada de manta acrílica por cima para ficar mais fácil fazer os pespontos à mão. 

Para um futon quadrado, com 45cm de lado (tamanho da espuma), corte dois quadrados de tecido medindo 48cm de lado, 4 retângulos de 10cm x 48cm. 


Costure as peças formando a almofada e deixe um dos lados aberto para inserir a espuma ou costure um zíper na abertura. Recheie a almofada com a espuma e feche a abertura com pontos a mão ou apenas feche o zíper. 


Faça os pespontos com agulha grande e linha dupla para pesponto pegando de uma face a outra da almofada, nas extremidades, e com pontos grandes de aproximadamente 2 cm de extensão. Por fim, puxe quatro pontos no centro da almofada (opcional). Seu futon já está pronto.


 Na foto ao lado são dois colchões. Fiz a capa da mesma forma como no futon de almofada usando zíper para poder retirar e lavar, e fiz pespontos só nas laterais. Quando for lavar terei que desmanchar os pespontos. Não fiz os pontos puxados no centro e o recheio usei apenas o colchão. 

segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Arte e Reciclagem


Reciclar é uma arte! Há alguns anos talvez eu não julgasse tão importante o comportamento dos meus pais em relação ao consumo. Mas hoje vejo como eles sempre estiveram certos e como seria importante que mais pessoas agissem como eles. Meus pais sempre praticaram os 5 R (reduzir, recusar, repensar, reutilizar e reciclar) e sempre abominaram o desperdício.


Neste final de semana prolongado estive com eles e aproveitei para fotografar algumas artes da minha mãe. Reparem neste cachepô, é um balde de tinta que ela fez decoupage. Como a peça é de lata, foi necessário passar o primer para fazer a pintura acrílica e colar o guardanapo.



Este outro cachepô é um pote de sorvete que minha mãe também fez decoupage. Que criativa! A técnica foi a mesma utilizada no baldinho de tinta. Ficou igualmente lindo!

O cachepô com a orquídea é uma caixa de panetone de cabeça para baixo que ela abriu e forrou com papel para decoupage. Poderia ser usado papel de presente comum, o efeito seria o mesmo.


Este cesto é um daqueles produzidos pelos índios, que são vendidos na beira da estrada. Normalmente têm a palha clara com umas partes coloridas de vermelho, verde e azul. Minha mãe envelheceu com betume. Ficou lindo!



Potinhos de geléia podem ter outra utilidade, como na foto ao lado. Minha mãe utilizou a técnica da decoupage e transformou em potes para condimento.

Seguidores

Google+ Followers