"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina." (Cora Coralina)

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Passo-a-passo para fazer o Chapéu do Peter Pan


Os meus sobrinhos, Thales e Clarissa, adoram o Peter Pan e a Sininho e por isso, esse foi o tema da festa de aniversário dos dois, que fazem aniversário em data muito próxima um do outro.

O chapéu é muito fácil de fazer. Eu fiz o do Thales e dos amiguinhos convidados, que puderam levar para casa como lembrancinha.

Há vários posts na internet sobre como fazer o chapéu do Peter Pan. Eu me baseei em alguns e só encontrei dificuldade em determinar as medidas. Por isso, fiz um esquema que vai facilitar sua confecção, como na imagem abaixo.



Eu usei feltro verde para o chapéu e vermelho para a folhinha. A costura só é feita na parte de cima do desenho e na menor à esquerda, com a medida de 4 cm. 
Assim, fica só uma abertura, que é a parte de baixo, onde deve ser dobrada a borda, na linha indicada do desenho, formando a abinha do chapéu.


A peninha, que não fiz o molde, mas que é super fácil de fazer, pode ser colada ou fixada com pontinhos a mão. Nessa hora, é bom aproveitar e fixar a abinha para que não desdobre.


Minha sobrinha Clarissa, que estava de Sininho, não resistiu e fez pose para fotos com o chapéu. Uma fofa!








E o Thales, então? Nem se fala. Ficou difícil escolher as fotos para postar.





segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Futon Fácil - como fazer

Meus queridos leitores!

Após tantos comentários no post Futon Fácil - Passo-a-passo, resolvi fazer um específico para o futon de colchão e almofadas.






Nos colchões, não precisa forro porque já tem o tecido do colchão, mas nas almofadas, principalmente se você tiver a intenção de tirar a capa para lavar, seria bom usar. Neste caso não recomendo usar espuma, pois dá muito trabalho fazer o pesponto, porque a espuma é bem firme, o que torna difícil furar com a agulha e atravessar a espuma. Além disso teria que desfazer o pesponto quando fosse tirar a capa para lavar. Já se fosse de fibra, por ela ser molinha o pesponto é fácil e bem mais rápido. Não seria tão difícil desfazer e fazer novamente.

São duas almofadas na cor cinza.

Para a tubular, tipo rolo é bem simples e não precisa zíper. A abertura fica na ponta onde arrematei com um botão e puxei até o outro lado. A fibra siliconada é fácil de trabalhar e só por isso consegui levar a agulha até o outro lado. O tecido é o mesmo dos futons de colchão – Tweed com um pouco de elasticidade. Como ele cede um pouco, fica mais ajustado, dando um melhor acabamento.
Eu cortei um quadrado com 1 m de lado para fazer a parte maior. Para fazer as pontas em formato de círculo, dois retângulos de 1 m x 0,20 m. Primeiro costure o a parte maior do retângulo (1 m x 0,20 m) em uma das laterais do quadrado. Depois costure o outro retângulo, da mesma forma, na parte oposta do quadrado. Até esse momento, o tubo vai ficar com 1,40 m de comprimento. Feito isso, franza uma das duas extremidades que está aberta até fechar a abertura. Encha a almofada, pela ponta que está aberta, com a fibra siliconada. Franza a outra extremidade aberta até fechá-la. Para dar o acabamento puxado, forre um botão com o mesmo tecido da almofada, a mão mesmo, costure nos fundos do botão e com uma agulha bem comprida atravesse a almofada até o outro lado, prendendo no outro botão. Na falta de uma agulha bem comprida, pode ser usada uma haste de uma sombrinha velha. Estas hastes têm um espaço para passar o fio, como uma agulha.


A almofada retangular com os puxados, tipo capitonê, é uma almofada bem simples. Eu usei dois retângulos de 1 m x 0,50 m. Antes de costurar eu medi e marquei os lugares que deveria fazer os puxados. Depois de costuradas as bordas e colocado o recheio, eu usei linha de pesponto e uni a almofada de um lado ao outro. Para disfarçar o lado em que fica o arremate da linha, pode ser usado um botão ou tirinhas de couro presas ao meio, deixando as pontinhas soltas, formando uma franjinha.


Seguidores

Google+ Followers